(ECO) Três anos depois, Renault volta a fazer mira à Fiat Chrysler. Poderá avançar com proposta de aquisição

(ECO) A fabricante francesa não só pretende retomar negociações com a Nissan para uma fusão nos próximos 12 meses, como também está a ponderar avançar para a aquisição da Fiat Chrysler.

A Renault está, novamente, de olhos postos na Fiat Chrysler. Depois de, há cerca de três anos, o então presidente do grupo Renault, Carlos Ghosn, ter tido algumas conversas preliminares com a empresa com sede em Londres com vista num potencial negócio — que acabou por nunca se concretizar devido à oposição do Governo francês –, a Renault pode, agora, avançar com uma proposta de aquisição da Fiat Chrysler.Nissan e crise do diesel afundam lucros da Renault Ler Mais

De acordo com uma fonte conhecedora dos planos do grupo francês, citada pelo Financial Times (acesso pago, conteúdo em inglês), a Renault não só pretende retomar negociações com a Nissan para uma fusão nos próximos 12 meses, como também está a ponderar avançar para uma aquisição, fazendo mira à Fiat Chrysler.

Contudo, quando contactos pelo Financial Times, nem os responsáveis da Renault nem os da Nissan quiseram prestar qualquer comentário sobre a possível aquisição.

A mesma fonte, ainda que não adiante mais pormenores, confirmou também que a Fiat Chrysler está à procura de uma parceria ou de uma fusão para crescer. Aliás, a empresa já terá tido até algumas reuniões com potenciais aliados, incluindo com o grupo francês PSA, liderado por Carlos Tavares.