(JE) Exportações aumentaram 4,6% em fevereiro. Já as importações subiram 12,8%

(JE) JBalança comercial portuguesa apresentou em fevereiro um défice de 1.504 milhões de euros.

A balança comercial portuguesa apresentou em fevereiro um défice de 1.504 milhões de euros, fruto do peso das importações que foi quase três vezes superior ao peso das exportações, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta terça-feira. Em fevereiro, as exportações de bens registaram uma variação homóloga nominal de 4,6%, correspondendo a uma aceleração face a janeiro (3,8% ), enquanto as importações aumentaram 12,8%, desacelerando face ao primeiro mês do ano (15,9%).

Quanto ao défice da balança comercial de bens, que foi superior a 1,5 mil milhões de euros em fevereiro, que representa mais 504 milhões de euros que no mês homólogo de 2018, só foi possível pelo segmento dos combustíveis e lubrificantes.

“Excluindo esse segmento, a balança comercial atingiu um saldo negativo de 996 milhões de euros, correspondente a um aumento do défice de 345 milhões de euros em relação a fevereiro de 2018”, lê-se no documento do INE.

Também excluindo os Combustíveis e lubrificantes, as exportações aumentaram 7,3% e as importações cresceram 13,3% (respetivamente, +4,4% e +18,3%, em janeiro de 2019).

O mês de fevereiro também representa o fecho de um trimestre, cujas exportações e as importações de bens aumentaram respetivamente, 5,2% e 11,9% face ao trimestre terminado em fevereiro de 2018 (1,0% e 12,0%, pela mesma ordem, no trimestre terminado em janeiro de 2019).