O.P. (OBS) Polícia Federal brasileira deteve assessor de Temer

Opinião Pessoal

…”O Brasil sempre foi, é , e sempre será o País do futuro”…

Há um ano escrevi que o Brasil estava numa situação sem precedentes na História.

E que a corrupção tinha afectado todos os sectores da sociedade, desde o engraxate, até à Presidência da Republica.

E que não se me afigurava fácil modificar o sistema…

Pois…, com tudo tudo contaminado…

6 de Março de 2016 
 +++O.P.(FDT) Folha: Após operação da PF, sede do PT em Belo Horizonte é atacada:

«Opinião Pessoal

…O clima de tensão é tal,que a situação pode evoluir a qualquer momento.

Este incidente é prova disso.

E com alguns políticos a apelarem a manifestações de rua, nada de bom pode acontecer.

E com o Exército a dizer que tem um Batalhão em estado de prontidão em São Paulo, para a eventualidade da situação entrar em descontrole…

E o mais grave, em minha opinião, e como eu escrevi (LINK) nas minhas Opiniões Pessoais , é que a corrupção parece ter atingido quase todos os sectores da sociedade brasileira.

De forma que não existe uma alternativa impoluta, e credível.

Quando numa democracia no século XXI se vêm os manifestantes a clamarem por um golpe militar…

Como eu escrevi, a situação ainda vai piorar, e muito, antes de começar a melhorar.

E o veredicto dos mercados é contundente…

De cada vez que se fala de um eventual impeachment da Presidente Dilma, a Bolsa de São Paulo e o Real sobem…

Quando o Financial Times, na sua edição europeia do fim de semana, tem a quase toda a largura da primeira página “Lula questioned over Petrobras scandal after police raid home”, a conclusão é óbvia…
(Ver anexos)

E citando me outra vez:

“President Dilma is Brazil’s biggest liability”.
(A Presidente Dilma é o principal factor de risco negativo do Brasil).»

Na altura houve quem dissesse que eu estava a exagerar…

Eu tinha dito que não me parecia normal, numa democracia, no século XXI, os manifestantes clamarem por um golpe militar, por considerarem que todos os restantes sectores da sociedade estavam contaminados pela corrupção…

No  século XIX em Portugal dizia-se: “Foge cão que te fazem barão. Para onde se me fazem visconde?”
José Leitão da Silva

Posteriormente
João Baptista da Silva Leitão de Almeida Garrett
Visconde de Almeida Garrett
Visconde por uma Vida por Decreto do Rei D. Pedro V datado de 25 de Junho de 1851.
Título renovado duas vezes.

…Pois…

Será que actualmente alguém acha que eu estava a exagerar…?

Como dizem os anglo saxónicos…

I rest my case.

Francisco ( Abouaf) de Curiel Marques Pereira

(OBS) As autoridades brasileiras detiveram vários agentes políticos, incluindo um assessor do Presidente Michel Temer. Em causa um esquema de corrupção organizado durante o Mundial de Futebol de 2014.

A Polícia Federal diz que a remodelação do estádio pode ter sido sobrefaturada em cerca de 900 milhões de reais

A Polícia Federal brasileira deteve esta terça-feira os antigos governadores do Distrito Federal de Brasília José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz e o ex-vice-governador Tadeu Filippeli, assessor do Presidente Michel Temer, no âmbito da Operação Panatenaico. Em causa estão suspeitas de desvio de fundos na ordem dos 900 milhões de reais (cerca de 245,6 milhões de euros) aquando a construção do Estado Nacional Mané Garrincha, em Brasília, para o Mundial de Futebol de 2014.

A operação policial é baseada na delação premiada (cedência de informações comprometedoras sobre terceiros em troca de uma redução de pena) de executivos da construtora Andrade Gutierrez sobre um esquema de corrupção nas obras do estádio de futebol Mané Garrincha, em Brasília, para o Mundial de Futebol de 2014.

A Polícia Federal diz que a remodelação do estádio pode ter sido sobrefaturada em cerca de 900 milhões de reais (245 milhões de euros), visto que estava orçada em 600 milhões de reais (164 milhões de euros) mas custou 1,5 mil milhões de reais (430 milhões de euros).

O Mané Garrincha não recebeu financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), mas da Terracap, empresa do Governo do Distrito Federal que não tinha este tipo de operação prevista entre as suas atividades e que agora se encontra em estado de insolvência, escreve a Veja.

Agnelo, que foi governador do DF de 2011 a 2014, já foi condenado a ficar afastado da vida política (inelegível) por oito anos em 2016, por utilizar meios públicos em campanha política.

Na operação conduzida esta terça-feira, cerca de 80 polícias foram divididos em 16 equipas e devem ser cumpridos 10 mandados de prisão temporária, três de detenção coerciva e 15 mandados de busca e apreensão.

Além de agentes políticos, a operação tem como alvo agentes públicos, construtoras e pessoas que intermediaram subornos na altura da remodelação do estádio.