(ECO) Carros em Portugal são os mais velhos de sempre

(ECOA idade média dos automóveis ligeiros de passageiros em Portugal é de 12,6 anos, o valor mas elevado de sempre e acima da média europeia.

O parque automóvel em Portugal superou pela primeira vez os seis milhões de veículos, mas a idade dos veículos ligeiros de passageiros também nunca foi tão alta: 12,6 anos, um valor superior à média europeia, avança esta quinta-feira o Jornal de Negócios (acesso pago).

De acordo com a Associação Automóvel de Portugal (ACAP), desde 2000 que o parque automóvel tem vindo a envelhecer rapidamente tendo em conta o fim dos incentivos ao abate de carros, mas também à crise económica. Em 1995 a idade média dos ligeiros era de 6,1 anos, em 2000 passou para 7,2 e o pico foi agora atingindo em 2017 (12,6 anos), num momento em que 80% do parque automóvel é composto por viaturas ligeiras.

Outro dos dados avançados pela ACAP é que um em cada seis automóveis em Portugal têm mais de 20 anos — passou de 177 mil, em 2010, para 777 mil o ano passado. E existem mais de 2,9 milhões de automóveis com idade superior a dez anos. Por outro lado, a idade média dos comerciais ligeiros é de 13,7 anos, nos pesados de mercadorias de 14,7 anos e nos pesados de passageiros 14,8 anos. Já o parque automóvel do Estado, composto por 25.640 veículos, tem uma idade média de 15,3 anos no final de 2017.

Para o secretário-geral da ACAP, Helder Pedro, “a única medida para a renovação do parque automóvel com um impacto no curto prazo é o incentivo ao abate de veículos em fim de vida”.